Suínos

Desempenho de suínos em fase de crescimento e terminação

O aumento dos custos de produção e a queda dos preços do suíno tornam mais importante do que nunca o melhor desempenho dos animais em fase de crescimento e terminação. Além disso, os resultados de produção devem ser constantemente adaptados às exigências dos consumidores, como por exemplo carne sem resíduos e de melhor qualidade, produzida com menor impacto ambiental e de animais criados em condições de bem-estar.

A fim de atingir o pleno potencial dos suínos na fase de crescimento e terminação, eles precisam de um fornecimento ideal de nutrientes ajustado à sua respectiva fase de vida. Além disso, uma boa conversão alimentar e tolerância ao estresse são necessárias - caso contrário, as preocupações com a condição física e o bem-estar se tornarão cada vez mais relevantes.

O fator decisivo: otimizar o custo por quilo de ganho de peso

Para um sistema de produção de suínos rentável, o fator decisivo é o custo por quilo de suíno ou carne produzida, que é dependente da eficiência alimentar. Durante a fase de crescimento, manter uma boa eficiência alimentar significa obter as mais altas taxas de crescimento ou ganho diário, com o menor consumo de alimento possível. Convém também observar que é possível mensurar a eficiência com o custo obtido por unidade de ganho.

Um pré-requisito para um alto desempenho em suínos em crescimento e, portanto, redução de custos, é um estado normal de saúde dos animais, uma alta ingestão de ração e uma boa absorção e utilização de nutrientes. Com maior ingestão de alimentos e melhor digestibilidade da energia e proteína da dieta, o desempenho dos suínos em fase de crescimento e terminação será melhorado. Isto pode reduzir o gasto total com ração, reduzir o tempo para abate e melhorar a taxa de conversão alimentar.

Além disso, melhor conversão alimentar também tem correlação com menor excreção de nitrogênio. A redução das emissões de amônia é importante não apenas para o ambiente, mas também contribui com a saúde do epitélio do trato respiratório dos animais, portanto, mantém a saúde e bem-estar dos suínos.

Você sabia?

Uma permanência de 8 horas em uma granja de suínos com uma concentração de amônia entre 20-25 ppm pode causar irritações nos olhos, nariz e garganta tanto dos trabalhadores como dos animais. Concentrações de amônia acima de 40 ppm no ambiente das pocilgas aumentam o período de terminação em até 6 dias, pois o ganho de peso diário pode diminuir até 7% e a conversão alimentar pode piorar até 9%.

Amônia - não apenas uma ameaça ao meio ambiente

A melhor eficiência alimentar e o melhor desempenho dos suínos proporcionam uma maior lucratividade - o grande propulsor da produção de suínos moderna. Por outro lado, a ocorrência de enfermidades contribui para a redução da ingestão de ração e reduz o desempenho dos animais. Em particular, as altas emissões aéreas de amônia nas granjas de suínos têm um impacto negativo sobre a saúde humana e animal, danificando a membrana mucosa das vias aéreas. Além da amônia aérea, a amônia formada no intestino dos animais através da degradação da proteína não digerida coloca pressão sobre a mucosa intestinal e o metabolismo do fígado. Uma vez que a amônia que entra na corrente sanguínea deve ser metabolizada pelo fígado para detoxificação. Este processo está frequentemente associado a uma alta perda de energia. A fim de manter a rentabilidade da produção de suínos, é necessária uma abordagem holística – e a redução das emissões de amônia é uma parte importante deste processo.

Desafios & Soluções Suínos

Interessado em outros desafios e soluções?

Melhora o desempenho e reduz as emissões de forma natural:

Aromex® Pro - porque mais desempenho significa menos amônia

  • Formulação botânica de fitogênicos perfeitamente adaptada às necessidades dos suínos em fase de crescimento
  • Melhora o desempenho dos suínos em crescimento e terminação, maximizando assim a rentabilidade
  • Reduz as emissões de amônia, através do aumento da digestibilidade dos nutrientes

A criteriosa seleção de ingredientes como os óleos essenciais e as saponinas presentes no Aromex® Pro, permite que sejam alcançadas às exigências de uma produção de suínos sustentável e lucrativa. O Aromex® Pro é a solução holística para otimizar o desempenho dos suínos em fase de crescimento, aumentar a rentabilidade na produção e reduzir as emissões de amônia. Com este aditivo alimentar fitogênico de alta qualidade, a Delacon fornece uma ferramenta para suportar vários benefícios: melhor desempenho no crescimento, maior lucratividade e redução da poluição ambiental.

Natureza que funciona – provada científicamente

Estudos demonstram que a combinação de ingredientes ativos presentes no Aromex® Pro melhora a conversão alimentar, o ganho de peso diário e reduz as emissões de amônia, apoiando assim a rentabilidade da criação de suínos.

*Dados médios de 6 testes com Aromex® Pro em suínos em crescimento sobre parâmetros de desempenho, SW15, SW19, S027, FF+20, FF+18, FF+19

**Dados médios de 2 testes com Aromex® Pro em suínos em crescimento sobre redução de amônia, SW15, S027

Delacon Expert

Entre em contato

Kevin Adams
Sales Group Lead North America

Telefone: +1 717 30 715 70
E-mail:

Serviços Delacon

Envie-nos uma mensagem

* campos obrigatórios